Departamento de Saúde de Caraguatatuba registra alta taxa de ausência em consultas e exames médicos

A cidade de Caraguatatuba, por meio do Departamento de Saúde, divulgou uma pesquisa que revela uma alta taxa de ausência em consultas e exames médicos na rede municipal. Entre os pacientes agendados para consultas, 21,39% faltaram, o que equivale a 3.128 pessoas. Já em relação aos exames, 1.103 pacientes não compareceram, sendo que 6.391 foram agendados.

A Clínica Ambulatorial de Especialidades Médicas (AME) apresentou um índice de ausência de 20,49%, sendo que das 4.983 consultas programadas, 1.021 pacientes não compareceram, e dos 3.320 exames programados, 640 faltaram. Nas redes privadas contratadas pelo Governo Municipal, a taxa de ausência foi de 18,12%, com 1.580 pacientes faltosos em um total de 8.719 consultas agendadas. Foram realizadas também aproximadamente 6.167 consultas para exames, com uma taxa de ausência de 21,08%, ou seja, um total de 1.300 pacientes não compareceram. No entanto, o Hospital Regional Costa Norte apresentou uma taxa menor, com apenas 15% de ausência.

Diante desses números, o Departamento de Saúde solicita a cooperação da população para reduzir as altas taxas de ausência em consultas e exames médicos na rede municipal da cidade. É essencial manter o registro dos pacientes sempre atualizado em sua Unidade Básica de Saúde (UBS) referencial após mudanças nos números telefônicos ou endereços, pois isso ajuda no contato futuro por parte das instituições médicas.

O secretário de Saúde, Gustavo Boher, também destaca a importância de notificar com antecedência quando o paciente não puder comparecer, evitando problemas relacionados aos tempos de espera e possíveis reclamações sobre atrasos no serviço disponibilizado pela rede municipal. É possível informar à UBS referencial ou ao Agente Comunitário de Saúde (ACS) local, sendo ideal que a justificativa seja feita com dois dias de antecedência para que o Centro de Marcação do Departamento de Saúde possa tentar encaixar outro paciente nesse horário.

O Centro de Marcação utiliza o Sistema Centralizado de Regulação para Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), regulado pela Direção Geral da Saúde (DRS-17), onde uma equipe multiprofissional aplica protocolos Manchester desenvolvidos com o objetivo prioritário em atender ao paciente. É importante seguir as recomendações e procedimentos para manter um bom atendimento médico para todos.

Rede Consultas agendadas Pacientes que faltaram Taxa de ausência
Rede municipal 14.621 3.128 21,39%
AME 4.983 1.021 20,49%
Redes privadas contratadas 8.719 1.580 18,12%
Hospital Regional Costa Norte Não informado Não informado 15%

O Departamento de Saúde de Caraguatatuba solicita a cooperação cidadã para reduzir as altas taxas de ausências em consultas e exames médicos na rede municipal da cidade. É essencial manter o registro dos pacientes atualizado em sua Unidade Básica de Saúde (UBS) referencial para facilitar o contato futuro por parte das instituições médicas. O Secretário de Saúde recomenda que, em caso de impossibilidade de comparecer à consulta, o paciente notifique com antecedência para evitar problemas relacionados aos tempos de espera e eventuais reclamações sobre atrasos no serviço disponibilizado pela rede municipal. O Centro de Marcação utiliza o Sistema Centralizado de Regulação para Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), regulado pela Direção Geral da Saúde (DRS-17), onde uma equipe multiprofissional aplica protocolos Manchester desenvolvidos com o objetivo prioritário em atender ao paciente. Com informações do site G1.

Categorizado em: