Guardas municipais de Caraguatatuba são reconhecidos por atuação heroica no resgate de criança

Dois membros da Guarda Civil Municipal de Caraguatatuba, Igor Almeida e Wagner Freitas, receberam um reconhecimento especial durante a sessão ordinária de 1º de agosto. O Vereador Cristian Bota apresentou a moção nº 29/23 para elogiar a rápida ação e habilidade dos guardas ao resgatar uma criança que estava se afogando. Essa ocorrência ocorreu no dia 27 de julho, quando os pais da criança pediram ajuda no bairro Perequê Mirim.

Os guardas Almeida e Freitas encontraram a criança sufocando e inconsciente. Com habilidade notável, um dos guardas iniciou a Manobra de Heimlich, uma técnica utilizada em casos de engasgo para desobstruir as vias respiratórias. Felizmente, essa manobra foi feita com sucesso, permitindo que o bebê voltasse a respirar normalmente.

Técnica vital para salvar vidas

A Manobra de Heimlich envolve pressionar o diafragma da pessoa engasgada, provocando uma tosse forçada que expulsa o objeto que está obstruindo as vias respiratórias. É uma técnica vital para salvar vidas em situações como essa.

O Vereador Cristian Bota destacou a importância da preparação e resposta rápida dos guardas Igor e Wagner. Para ele, esse reconhecimento também é um reflexo do comprometimento desses profissionais com a cidade de Caraguatatuba.

A moção nº 29/23 foi aprovada por unanimidade pelos membros do Poder Legislativo, reforçando ainda mais a importância desse resgate heroico.

Esse incidente ressalta a importância da presença e atuação dos guardas civis municipais, que estão sempre prontos para agir em situações de emergência. Além disso, também levanta importantes questões sobre a conscientização da população em relação aos procedimentos de primeiros socorros, como a Manobra de Heimlich.

É indiscutível que a atuação corajosa dos guardas Igor Almeida e Wagner Freitas evitou uma tragédia. Sendo assim, é mais que justo que eles sejam homenageados por sua dedicação e trabalho incansável em prol da sociedade.

Ter profissionais treinados e capacitados faz toda a diferença em momentos críticos como esse. A população de Caraguatatuba tem motivos para se orgulhar de sua equipe de guardas civis municipais.

Notícia
Dois membros da Guarda Civil Municipal de Caraguatatuba, Igor Almeida e Wagner Freitas, receberam um reconhecimento especial durante a sessão ordinária de 1º de agosto.
O Vereador Cristian Bota apresentou a moção nº 29/23 para elogiar a rápida ação e habilidade dos guardas ao resgatar uma criança que estava se afogando.
A ocorrência ocorreu no dia 27 de julho, quando os pais da criança pediram ajuda no bairro Perequê Mirim.
Almeida e Freitas encontraram a criança sufocando e inconsciente e realizaram a Manobra de Heimlich com sucesso.
A Manobra de Heimlich é uma técnica utilizada em casos de engasgo para desobstruir as vias respiratórias.
O Vereador Cristian Bota destacou a importância da preparação e resposta rápida dos guardas Igor e Wagner.
A moção nº 29/23 foi aprovada por unanimidade pelos membros do Poder Legislativo.
Esse incidente ressalta a importância da atuação dos guardas civis municipais e da conscientização da população sobre primeiros socorros.
A atuação corajosa dos guardas evitou uma tragédia e merece reconhecimento.
Ter profissionais treinados e capacitados faz toda a diferença em momentos críticos como esse.
A população de Caraguatatuba tem motivos para se orgulhar de sua equipe de guardas civis municipais.

Com informações do site Câmara Municipal.

Categorizado em: