Escola de Ilhabela promove projeto folclórico para desenvolver identidade dos alunos

A Escola Pública Mayor Eurípedes da Silva Ferreira, localizada em Ilhabela, está realizando um projeto especial com o objetivo de resgatar e promover o folclore brasileiro. A iniciativa busca despertar nas crianças uma consciência de suas origens e pertencimento a um grupo social maior, contribuindo para a construção de sua identidade cultural e formação como cidadãos conscientes dos valores e princípios positivos da cultura brasileira.

O projeto tem como meta trabalhar com as diversas regiões do Brasil, estimulando habilidades comunicativas verbais e escritas, interpretação, imaginação, abstração e pensamento lógico. Além disso, busca ampliar o vocabulário das crianças e oferecer novas perspectivas para compreender a realidade ao seu redor.

As atividades realizadas durante o projeto incluem apresentações sobre lendas e conhecimentos populares, provérbios regionais, tradições culturais e costumes, filmes, animações, danças, músicas, mitos e teatro. Os alunos também têm a oportunidade de explorar a culinária típica de cada região brasileira, enriquecendo seu repertório cultural.

Para tornar o aprendizado mais prático, são realizadas atividades como a criação de jogos com materiais reciclados, abordando temas como meio ambiente e reciclagem. Os alunos também realizam pesquisas sobre a cultura popular em diferentes regiões do Brasil e experimentam comidas típicas regionais.

A cada ano escolar é atribuída uma região específica do Brasil para estudo. Os alunos do primeiro ano investigaram o folclore da região Norte, enquanto os do segundo ano se dedicaram ao Nordeste. Os alunos do terceiro ano estudaram o Centro-Oeste, os do quarto ano focaram no Sul e, por fim, os alunos do quinto ano exploraram o Sudeste.

A conclusão desse projeto será marcada por uma apresentação dos trabalhos de pesquisa e exposições em painéis para os demais estudantes da escola. O evento está previsto para acontecer no dia 21 de agosto e as atividades desenvolvidas serão documentadas e compartilhadas nas redes sociais da escola.

Como forma de celebrar a culinária típica do Sudeste, será promovida a venda de marmitas de bobó de camarão no dia 26 de agosto, das 11h às 14h, nas dependências da escola. Os lucros obtidos serão destinados aos projetos da Associação Pais-Mestres (APM).

Com esse projeto inovador, a Escola Pública Mayor Eurípedes da Silva Ferreira está cumprindo um papel fundamental na preservação e valorização do folclore brasileiro, estimulando o conhecimento e a apreciação de nossa rica cultura em suas mais diversas manifestações regionais.

Notícia Resumo
Título Relatório sobre o projeto de resgate do folclore brasileiro na Escola Pública Mayor Eurípedes da Silva Ferreira
Objetivo Despertar nas crianças uma consciência de suas origens e pertencimento a um grupo social maior, construir sua identidade cultural e torná-las cidadãos conscientes dos valores e princípios positivos da cultura brasileira.
Atividades Apresentações sobre lendas e conhecimentos populares, provérbios regionais, tradições culturais e costumes, filmes, animações, danças, músicas, mitos e teatro. Criação de jogos com materiais reciclados, pesquisas sobre a cultura popular em diferentes regiões do Brasil e experimentação de comidas típicas regionais.
Conclusão Apresentação dos trabalhos de pesquisa e exposições em painéis para os demais estudantes da escola no dia 21 de agosto. Venda de marmitas de bobó de camarão no dia 26 de agosto para arrecadar fundos para a Associação Pais-Mestres (APM).
Impacto Preservação e valorização do folclore brasileiro, estímulo ao conhecimento e apreciação da cultura brasileira em suas manifestações regionais.

Com informações do site Escola de Ilhabela.

Categorizado em: